Seu navegador está desatualizado!

Atualize o seu navegador para uma melhor visualização do site. Atualizar agora!

X

Quem somos

QUEM SOMOS

Ensinamos e desenvolvemos a cadeia de abastecimento de alimentos perecíveis, através de soluções para a gestão do campo, a rastreabilidade de alimentos, o controle de qualidade dos produtos e processos e a análise estratégica do negócio.

O objetivo do nosso trabalho é fomentar a cadeia de abastecimento de alimentos por meio da criação de ambientes e ferramentas que favoreçam a transparência, a colaboração e a simplicidade nas relações entre todos os elos, do produtor ao consumidor final.

PariPassu é uma expressão originária do latim que significa lado a lado, ao mesmo tempo e, de maneira justa ou imparcial.  E é desta forma que desenvolvemos nosso trabalho: entendendo e respeitando a realidade de cada cliente.

Desde o início mantemos fielmente o nosso compromisso: disponibilizar soluções colaborativas com resultados coletivos pautado em um fluxo de informação inteligente e ordenado.

O maior desafio da PariPassu é contribuir para a entrega de um alimento seguro e com propósito para a população, entendemos que este é o maior compromisso que temos com o ambiente e a sociedade. Hoje, atuamos fortemente no compartilhamento do conhecimento, promovendo encontros e discussões com todos os elos da cadeia de abastecimento.

Todo o conteúdo produzido pela PariPassu é compartilhado de forma gratuita, simples e clara, pois acreditamos que a educação é o caminho para a conscientização do ser humano em busca do bem-estar coletivo.

Estamos focados em facilitar o Caminho do Alimento com Propósito, para que inspire as pessoas a uma alimentação consciente.

Faça parte desta história!

nossa

HISTÓRIA

  • PariPassu é fundada

    A PariPassu foi fundada em Florianópolis, onde mantém a sua sede até hoje. Lançamos o Sistema Rastreador PariPassu para o alimento in natura, inicialmente orientado para Frutas, Legumes e Verduras. O Sistema Rastreador foi um modelo desenvolvido com a finalidade específica para o controle de origens e destinos de produto, mais conhecido como rastreabilidade um passo à frente e um passo atrás.

    2005
  • Rastreabilidade em âmbito nacional

    Conquistamos nosso primeiro cliente de referência nacional. Trata-se de um dos três maiores distribuidores de produtos alimentícios do Brasil, que decidiu adotar o Sistema Rastreador PariPassu, já em operação em produtores e distribuidores de FLV. A implantação deste modelo permitiu levar ao consumidor, pela primeira vez no Brasil, o acesso às informações da origem e do caminho percorrido pelo alimento.

    2007
  • Compartilhando conhecimento

    Lançamos nosso primeiro livro, O Livro Verde de Rastreamento, com o objetivo de divulgar e explicar o conceito de rastreabilidade e os benefícios que este processo traz para a qualidade e eficiência da cadeia produtiva de alimentos. Este foi ano de nossa estreia em um evento sobre rastreamento, organizado pelo ITAL (Instituto de Tecnologia do Alimentos), onde apresentamos nossa perspectiva sobre a rastreabilidade de alimentos. No último trimestre do ano, recebemos um convite ainda mais desafiador: palestrar na escola de negócios Sloan School of Management, MIT, uma das mais conceituadas universidades dos Estados Unidos.

    2008
  • PariPassu 5 anos: reconhecimento internacional e prêmios

    O desafio foi a ampliação da carteira de clientes e atuar como organização difusora de inovação tecnológica no setor alimentício. Alcançamos neste ano a presença em mais de 20 estados brasileiros, lançamos nosso novo site e identidade visual, além de novos sistemas que juntamente com o Sistema Rastreador apoiam o desenvolvimento da cadeia produtiva. Este foi o ano em que a PariPassu conquistou seu primeiro cliente internacional.

    Lançamos um segundo livro, desta vez nos Estados Unidos, para aumentar nossa abrangência e atuação: The Little Green Book of Food Traceability, que culminou com a visita de um grupo de estudantes do MIT, Sloan School of Management, para estudar inovações no agronegócio em países emergentes. A visita do MIT foi uma clara indicação de que nosso trabalho deveria também ser divulgado nas bases acadêmicas e não só no mundo das organizações. A visita do MIT nos transformou em um caso de estudos do curso de mestrado da Escola de Negócios. Iniciamos uma série de palestras em cursos voltados para o Agronegócio, de cursos técnicos (FATEC) a pós-graduações (FGV e ESPM), além da primeira palestra internacional no maior evento mundial de Promoção de Frutas, Legumes e Verduras (Produce Marketing Association). E, para encerrar o quinto ano de vida da empresa, a PariPassu foi reconhecida como Empreendedor do Ano pela Revista PEGN e FGV.

    2010
  • Expansão dos trabalhos

    Seguindo o modelo de divulgação de conteúdo, lançamos o primeiro Guia de Orientação ao Rastreamento, com olhar mais prático para difundir conceitos, benefícios e exemplos de identificação do rastreamento. A expansão da base de clientes continuou, atingindo mais de 10 setores alimentícios utilizando as ferramentas de Rastreabilidade de Alimentos da PariPassu. Neste ano, estruturamos e implementamos o conceito de Rastreamento do Impacto Socioambiental da cadeia produtiva, o primeiro de uma indústria multinacional de alimentos, com um projeto para toda a América do Sul. Novos acordos surgem para o desenvolvimento de cadeias produtivas, sempre orientados para a integração dos participantes, neste caso desde o produtor das sementes, registrando informações sobre melhoramento genético até a sustentabilidade econômica do negócio.

    Mais um ano de sucesso se encerra com uma premiação significativa – Prêmio Automação GS1

    Entidade sem fins lucrativos estabelecida em mais de 180 países voltada para a identificação de produtos através de códigos numéricos e códigos de barras.

    2011
  • Formação de grupos para discussão de temas importantes

    Iniciamos nosso evento PariPassu Experience, com o objetivo de abrir um espaço de diálogo direto com nossos clientes. Os eventos PariPassu Experience são encontros com foco na discussão de temas práticos do negócio FLV, onde além da PariPassu, são convidados especialistas em temas como produção, logística, mercado consumidor entre outros.

    2013
  • Lançamento de aplicativo para controle de qualidade de produtos e processos

    Lançamos um moderno aplicativo, o CLICQ (Check List Inspeção e Controle de Qualidade)  permite criar um banco de dados digital, fichas técnicas modelos e detectar a potencial redução de perdas, erros e desperdícios de alimentos.

    Desta forma, possibilita o aumento de até 25% da qualidade dos produtos entregues, pode padronizar em até 100% os processos da empresa, consequentemente, reduzindo as reclamações dos clientes e do tempo na aplicação de questionários.

    2015
  • Nova Arquitetura de Marcas, novo Site e Blog PariPassu

    Estruturamos a arquitetura de marcas, um projeto de atualização do logotipo PariPassu e o lançamento de uma identidade única para cada produto desenvolvido pela empresa, permitindo a melhoria do visual de cada sistema, sempre pensando na melhor experiência dos nossos clientes e usuários.

    Além disso, trabalhamos no desenvolvimento do novo site PariPassu, contribuindo para o fortalecimento da marca também no âmbito digital, outro fato importante, o lançamento de um blog para conteúdos ricos, desenvolvidos por nossa equipe e técnicos parceiros de diversas áreas: engenharias (agronomia, produção e alimentos), administração, economia e marketing.

    Continuamos mantendo o nosso compromisso: compartilhar conhecimento de forma gratuita, simples e objetiva.

    2016
  • Compartilhando o conhecimento: contribuindo para o consumo consciente

    Mantemos nosso maior compromisso: compartilhar conhecimento com todos os elos da cadeia de abastecimento, através de eventos, feiras, encontros com produtores e palestras com diferentes áreas, inclusive acadêmica.

    No primeiro semestre do ano de 2016, realizamos inúmeras palestras em universidades, destacando a parceira com ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), em março, participamos de uma aula com alunos da faculdade Audencia Nantes, da França.

    A turma formada por 19 alunos estrangeiros de diversas nacionalidade: Nigéria, Índia, Marrocos, Nepal, Gana, França, Geórgia, Vietnã, Guatemala, México, Tailândia, China e Bélgica.

    2016
  • Tempo de investimentos

    Os primeiros anos foram os mais desafiadores, de muita dedicação e inspiração. Foi um período de muitos investimentos dos sócios, colaboradores e parceiros que acreditaram e compartilharam a crença e a proposta de trabalho da PariPassu.

    2006
  • Primeira consulta do código de rastreabilidade por celular

    Lançamos a primeira consulta de código de rastreabilidade por celular do Brasil, provavelmente uma das primeiras do mundo. Atingimos um crescimento significativo em nossa carteira de clientes, lançamos uma nova versão no Sistema Rastreador Colaborativo, o qual inclui uma interface com o Sistema Caderno de Campo Eletrônico, integrando previsão de colheita, plano de manejo e colheita alinhado às necessidades das certificações mais importantes, como por exemplo, GlobalGAP, PIF, HACCP, Orgânicos, entre outros. Neste cenário, outra importante marca atingida: o volume médio de 15kg de produtos rastreados por segundo.

    2008
  • Um novo recorde

    Ao término do ano, atingimos um novo recorde de volume rastreado:  38kg de alimentos rastreados por segundo.

    2009
  • Um grande marco

    Atingimos 1 bilhão de quilos de alimentos rastreados, no Brasil e em mais cinco países, através das nossas soluções, e mais de 10 mil unidades produtivas utilizando nosso sistema (produtores, distribuidores, varejos, indústria e processadores).

    2010
  • Referência em Rastreabilidade de Alimentos

    Os anos de 2012 e 2013, foram orientados para um olhar mais introspectivo, para a organização de processos internos, estruturação e treinamento da equipe de colaboradores da PariPassu. Toda a equipe de Tecnologia da Informação participou da certificação MPS BR conquistada durante 2012. Neste mesmo ano, trabalhou-se no desenvolvimento e revisão da infraestrutura dos Sistemas PariPassu, nas metas para zero bugs, up time dos Sistemas e alto índice de satisfação do cliente PariPassu. Com a Equipe de Campo, as Auditorias de Rastreabilidade aplicadas para avaliar a aderência do processo ao Sistema Rastreador PariPassu, passou por uma importante mudança. Ficou orientada para a conferência dos registros no Sistema Rastreador PariPassu e o processo físico realizado na operação do packing.

    2012
  • Aproximação com novos mercados

    Mantivemos o trabalho de desenvolvimento e acompanhamento da nossa equipe para garantir a excelência no atendimento em todas as áreas. Nossos indicadores de monitoramento da qualidade dos serviços foram apresentados e discutidos periodicamente sempre associados ao retorno dos colaboradores. Contratamos e implementamos ferramentas para apoio aos nossos processos administrativos (SAP) e comerciais (Sales Force).

    Relançamos o aplicativo para gestão do Campo, o  Caderno de Campo Eletrônico PariPassu, para utilização em conexão limitada e  disponível para Androide e IOs. Em 2014, nos aproximamos da Indústria de Carne, principalmente carne bovina, compilando informações relevantes sobre qualidade do produto e disponibilidade de consulta sobre a origem da carne.

    2014
  • Reconhecimento nacional e internacional

    O Programa Alimento Sustentável – ACATS, foi reconhecido pela FAO – Organização da Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, por meio da Plataforma de Boas Práticas para o Desenvolvimento Sustentável, o que incentivou redes supermercadistas para a adesão do Programa e a contribuição para a oferta de alimentos seguros para o consumidor final.

     

    Também nesse ano, participamos da 5ª Edição do Prêmio Fecomércio Sustentabilidade, através do Programa Alimento Sustentável (PAS) e especialmente do XIX Prêmio Automação GS1 Brasil, uma homenagem à criatividade e aos esforços das empresas e profissionais que apostam na automação e na padronização para aprimorar a gestão do empreendimento, com soluções de automação que aumentam a eficiência e a competitividade no mercado. Na categoria Cases de Sucesso, a PariPassu recebeu prêmio pelo trabalho desenvolvido para a utilização do padrão GS1 para automação da rastreabilidade e segurança do alimento.

    2015
  • O fortalecimento dos Programas de Rastreabilidade: o caminho para o alimento seguro

    No mês de fevereiro apoiamos a realização de um evento para a apresentação do 1º Balanço do Programa RAMA (Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos) idealizado pela ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) para produtores, distribuidores, supermercadistas, órgãos públicos e especialmente para a imprensa nacional. O Programa RAMA é de adesão voluntária e fomenta as boas práticas agrícolas, acompanhando as tendências mundiais do setor varejista na atenção à segurança dos alimentos oferecidos aos seus consumidores. O maior desafio do Programa RAMA é, efetivamente, contribuir para a melhoria da Conformidade dos Alimentos referente a contaminação por resíduos de agrotóxicos. Este foi e continua sendo o propósito do atual trabalho.

    Em abril de 2016, em apoio a ACATS (Associação Catarinense de Supermercados), precursora na implantação do Programa RAMA, conhecido como Programa Alimento Sustentável em Santa Catarina, realizamos a apresentação do 1º Balanço do Programa para os supermercadistas que aderem à rastreabilidade para qualificação de seus fornecedores. Na ocasião, foi comunicado importante assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público de Santa Catarina e ACATS em razão do que dispõe a legislação vigente, vai contribuir com o monitoramento de resíduos de agrotóxicos no âmbito do Programa Alimento Sem Risco (PASR), que vem sendo executado em todo o Estado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc), Vigilância Sanitária e órgãos públicos estaduais e federais. O texto do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), elaborado em conjunto entre o MP-SC e a ACATS tem por finalidade garantir aos consumidores o comércio de produtos hortifrutigranjeiros seguros, com a identificação da origem da produção agrícola e o acompanhamento de análises laboratoriais regulares de resíduos de agrotóxicos.

    2016
  • PariPassu é fundada

    A PariPassu foi fundada em Florianópolis, onde mantém a sua sede até hoje. Lançamos o Sistema Rastreador PariPassu para o alimento in natura, inicialmente orientado para Frutas, Legumes e Verduras. O Sistema Rastreador foi um modelo desenvolvido com a finalidade específica para o controle de origens e destinos de produto, mais conhecido como rastreabilidade um passo à frente e um passo atrás.

    2005
  • Tempo de investimentos

    Os primeiros anos foram os mais desafiadores, de muita dedicação e inspiração. Foi um período de muitos investimentos dos sócios, colaboradores e parceiros que acreditaram e compartilharam a crença e a proposta de trabalho da PariPassu.

    2006
  • Rastreabilidade em âmbito nacional

    Conquistamos nosso primeiro cliente de referência nacional. Trata-se de um dos três maiores distribuidores de produtos alimentícios do Brasil, que decidiu adotar o Sistema Rastreador PariPassu, já em operação em produtores e distribuidores de FLV. A implantação deste modelo permitiu levar ao consumidor, pela primeira vez no Brasil, o acesso às informações da origem e do caminho percorrido pelo alimento.

    2007
  • Primeira consulta do código de rastreabilidade por celular

    Lançamos a primeira consulta de código de rastreabilidade por celular do Brasil, provavelmente uma das primeiras do mundo. Atingimos um crescimento significativo em nossa carteira de clientes, lançamos uma nova versão no Sistema Rastreador Colaborativo, o qual inclui uma interface com o Sistema Caderno de Campo Eletrônico, integrando previsão de colheita, plano de manejo e colheita alinhado às necessidades das certificações mais importantes, como por exemplo, GlobalGAP, PIF, HACCP, Orgânicos, entre outros. Neste cenário, outra importante marca atingida: o volume médio de 15kg de produtos rastreados por segundo.

    2008
  • Compartilhando conhecimento

    Lançamos nosso primeiro livro, O Livro Verde de Rastreamento, com o objetivo de divulgar e explicar o conceito de rastreabilidade e os benefícios que este processo traz para a qualidade e eficiência da cadeia produtiva de alimentos. Este foi ano de nossa estreia em um evento sobre rastreamento, organizado pelo ITAL (Instituto de Tecnologia do Alimentos), onde apresentamos nossa perspectiva sobre a rastreabilidade de alimentos. No último trimestre do ano, recebemos um convite ainda mais desafiador: palestrar na escola de negócios Sloan School of Management, MIT, uma das mais conceituadas universidades dos Estados Unidos.

    2008
  • Um novo recorde

    Ao término do ano, atingimos um novo recorde de volume rastreado:  38kg de alimentos rastreados por segundo.

    2009
  • PariPassu 5 anos: reconhecimento internacional e prêmios

    O desafio foi a ampliação da carteira de clientes e atuar como organização difusora de inovação tecnológica no setor alimentício. Alcançamos neste ano a presença em mais de 20 estados brasileiros, lançamos nosso novo site e identidade visual, além de novos sistemas que juntamente com o Sistema Rastreador apoiam o desenvolvimento da cadeia produtiva. Este foi o ano em que a PariPassu conquistou seu primeiro cliente internacional.

    Lançamos um segundo livro, desta vez nos Estados Unidos, para aumentar nossa abrangência e atuação: The Little Green Book of Food Traceability, que culminou com a visita de um grupo de estudantes do MIT, Sloan School of Management, para estudar inovações no agronegócio em países emergentes. A visita do MIT foi uma clara indicação de que nosso trabalho deveria também ser divulgado nas bases acadêmicas e não só no mundo das organizações. A visita do MIT nos transformou em um caso de estudos do curso de mestrado da Escola de Negócios. Iniciamos uma série de palestras em cursos voltados para o Agronegócio, de cursos técnicos (FATEC) a pós-graduações (FGV e ESPM), além da primeira palestra internacional no maior evento mundial de Promoção de Frutas, Legumes e Verduras (Produce Marketing Association). E, para encerrar o quinto ano de vida da empresa, a PariPassu foi reconhecida como Empreendedor do Ano pela Revista PEGN e FGV.

    2010
  • Um grande marco

    Atingimos 1 bilhão de quilos de alimentos rastreados, no Brasil e em mais cinco países, através das nossas soluções, e mais de 10 mil unidades produtivas utilizando nosso sistema (produtores, distribuidores, varejos, indústria e processadores).

    2010
  • Expansão dos trabalhos

    Seguindo o modelo de divulgação de conteúdo, lançamos o primeiro Guia de Orientação ao Rastreamento, com olhar mais prático para difundir conceitos, benefícios e exemplos de identificação do rastreamento. A expansão da base de clientes continuou, atingindo mais de 10 setores alimentícios utilizando as ferramentas de Rastreabilidade de Alimentos da PariPassu. Neste ano, estruturamos e implementamos o conceito de Rastreamento do Impacto Socioambiental da cadeia produtiva, o primeiro de uma indústria multinacional de alimentos, com um projeto para toda a América do Sul. Novos acordos surgem para o desenvolvimento de cadeias produtivas, sempre orientados para a integração dos participantes, neste caso desde o produtor das sementes, registrando informações sobre melhoramento genético até a sustentabilidade econômica do negócio.

    Mais um ano de sucesso se encerra com uma premiação significativa – Prêmio Automação GS1

    Entidade sem fins lucrativos estabelecida em mais de 180 países voltada para a identificação de produtos através de códigos numéricos e códigos de barras.

    2011
  • Referência em Rastreabilidade de Alimentos

    Os anos de 2012 e 2013, foram orientados para um olhar mais introspectivo, para a organização de processos internos, estruturação e treinamento da equipe de colaboradores da PariPassu. Toda a equipe de Tecnologia da Informação participou da certificação MPS BR conquistada durante 2012. Neste mesmo ano, trabalhou-se no desenvolvimento e revisão da infraestrutura dos Sistemas PariPassu, nas metas para zero bugs, up time dos Sistemas e alto índice de satisfação do cliente PariPassu. Com a Equipe de Campo, as Auditorias de Rastreabilidade aplicadas para avaliar a aderência do processo ao Sistema Rastreador PariPassu, passou por uma importante mudança. Ficou orientada para a conferência dos registros no Sistema Rastreador PariPassu e o processo físico realizado na operação do packing.

    2012
  • Formação de grupos para discussão de temas importantes

    Iniciamos nosso evento PariPassu Experience, com o objetivo de abrir um espaço de diálogo direto com nossos clientes. Os eventos PariPassu Experience são encontros com foco na discussão de temas práticos do negócio FLV, onde além da PariPassu, são convidados especialistas em temas como produção, logística, mercado consumidor entre outros.

    2013
  • Aproximação com novos mercados

    Mantivemos o trabalho de desenvolvimento e acompanhamento da nossa equipe para garantir a excelência no atendimento em todas as áreas. Nossos indicadores de monitoramento da qualidade dos serviços foram apresentados e discutidos periodicamente sempre associados ao retorno dos colaboradores. Contratamos e implementamos ferramentas para apoio aos nossos processos administrativos (SAP) e comerciais (Sales Force).

    Relançamos o aplicativo para gestão do Campo, o  Caderno de Campo Eletrônico PariPassu, para utilização em conexão limitada e  disponível para Androide e IOs. Em 2014, nos aproximamos da Indústria de Carne, principalmente carne bovina, compilando informações relevantes sobre qualidade do produto e disponibilidade de consulta sobre a origem da carne.

    2014
  • Lançamento de aplicativo para controle de qualidade de produtos e processos

    Lançamos um moderno aplicativo, o CLICQ (Check List Inspeção e Controle de Qualidade)  permite criar um banco de dados digital, fichas técnicas modelos e detectar a potencial redução de perdas, erros e desperdícios de alimentos.

    Desta forma, possibilita o aumento de até 25% da qualidade dos produtos entregues, pode padronizar em até 100% os processos da empresa, consequentemente, reduzindo as reclamações dos clientes e do tempo na aplicação de questionários.

    2015
  • Reconhecimento nacional e internacional

    O Programa Alimento Sustentável – ACATS, foi reconhecido pela FAO – Organização da Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, por meio da Plataforma de Boas Práticas para o Desenvolvimento Sustentável, o que incentivou redes supermercadistas para a adesão do Programa e a contribuição para a oferta de alimentos seguros para o consumidor final.

     

    Também nesse ano, participamos da 5ª Edição do Prêmio Fecomércio Sustentabilidade, através do Programa Alimento Sustentável (PAS) e especialmente do XIX Prêmio Automação GS1 Brasil, uma homenagem à criatividade e aos esforços das empresas e profissionais que apostam na automação e na padronização para aprimorar a gestão do empreendimento, com soluções de automação que aumentam a eficiência e a competitividade no mercado. Na categoria Cases de Sucesso, a PariPassu recebeu prêmio pelo trabalho desenvolvido para a utilização do padrão GS1 para automação da rastreabilidade e segurança do alimento.

    2015
  • Nova Arquitetura de Marcas, novo Site e Blog PariPassu

    Estruturamos a arquitetura de marcas, um projeto de atualização do logotipo PariPassu e o lançamento de uma identidade única para cada produto desenvolvido pela empresa, permitindo a melhoria do visual de cada sistema, sempre pensando na melhor experiência dos nossos clientes e usuários.

    Além disso, trabalhamos no desenvolvimento do novo site PariPassu, contribuindo para o fortalecimento da marca também no âmbito digital, outro fato importante, o lançamento de um blog para conteúdos ricos, desenvolvidos por nossa equipe e técnicos parceiros de diversas áreas: engenharias (agronomia, produção e alimentos), administração, economia e marketing.

    Continuamos mantendo o nosso compromisso: compartilhar conhecimento de forma gratuita, simples e objetiva.

    2016
  • O fortalecimento dos Programas de Rastreabilidade: o caminho para o alimento seguro

    No mês de fevereiro apoiamos a realização de um evento para a apresentação do 1º Balanço do Programa RAMA (Rastreabilidade e Monitoramento de Alimentos) idealizado pela ABRAS (Associação Brasileira de Supermercados) para produtores, distribuidores, supermercadistas, órgãos públicos e especialmente para a imprensa nacional. O Programa RAMA é de adesão voluntária e fomenta as boas práticas agrícolas, acompanhando as tendências mundiais do setor varejista na atenção à segurança dos alimentos oferecidos aos seus consumidores. O maior desafio do Programa RAMA é, efetivamente, contribuir para a melhoria da Conformidade dos Alimentos referente a contaminação por resíduos de agrotóxicos. Este foi e continua sendo o propósito do atual trabalho.

    Em abril de 2016, em apoio a ACATS (Associação Catarinense de Supermercados), precursora na implantação do Programa RAMA, conhecido como Programa Alimento Sustentável em Santa Catarina, realizamos a apresentação do 1º Balanço do Programa para os supermercadistas que aderem à rastreabilidade para qualificação de seus fornecedores. Na ocasião, foi comunicado importante assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre o Ministério Público de Santa Catarina e ACATS em razão do que dispõe a legislação vigente, vai contribuir com o monitoramento de resíduos de agrotóxicos no âmbito do Programa Alimento Sem Risco (PASR), que vem sendo executado em todo o Estado pelo Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc), Vigilância Sanitária e órgãos públicos estaduais e federais. O texto do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), elaborado em conjunto entre o MP-SC e a ACATS tem por finalidade garantir aos consumidores o comércio de produtos hortifrutigranjeiros seguros, com a identificação da origem da produção agrícola e o acompanhamento de análises laboratoriais regulares de resíduos de agrotóxicos.

    2016
  • Compartilhando o conhecimento: contribuindo para o consumo consciente

    Mantemos nosso maior compromisso: compartilhar conhecimento com todos os elos da cadeia de abastecimento, através de eventos, feiras, encontros com produtores e palestras com diferentes áreas, inclusive acadêmica.

    No primeiro semestre do ano de 2016, realizamos inúmeras palestras em universidades, destacando a parceira com ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), em março, participamos de uma aula com alunos da faculdade Audencia Nantes, da França.

    A turma formada por 19 alunos estrangeiros de diversas nacionalidade: Nigéria, Índia, Marrocos, Nepal, Gana, França, Geórgia, Vietnã, Guatemala, México, Tailândia, China e Bélgica.

    2016

Por que construir a história da sua empresa com a PariPassu?

Nós, da PariPassu, nos propomos a caminhar lado a lado com os nossos clientes, na mesma velocidade e de acordo com o desenvolvimento técnico de cada um, respeitando sua individualidade e capacitação.

Este modelo de trabalho, associado à modularidade dos Sistemas PariPassu, permite apresentar um conjunto de soluções adequadas para cada tipo de situação e realidade atendendo às exigências legais, comerciais e a diferenciação estratégica de cada empresa.

Nossa

filosofia

Como nós fazemos

Acreditamos que o caminho para a excelência do produto e serviço é contínuo e depende de uma rotina ordenada, organizada e documentada. Atuamos em todos os elos da cadeia de abastecimento, procurando trazer soluções associadas à informação e catalisando a ação para o correto entendimento dos processos entre todos, evidenciando a interdependência dos elos e seus objetivos comuns. Desta forma, provemos o desenvolvimento colaborativo, oferecendo ferramentas, tecnologia, conhecimento e capacitação para permitir a inclusão através de melhores resultados para todos, sempre respeitando a sociedade e o meio ambiente.

Pilares

Nossa Missão: 
“Organizar as informações da cadeia global de alimentos para torná-las acessíveis e úteis” 

Nossa Visão: 
“Inspirar as pessoas para uma alimentação consciente” 

Nossos Valores: 
“Simplicidade, Respeito, Comprometimento e Felicidade”

Comunidade

Acreditamos e investimos no desenvolvimento das pessoas e na história dos alimentos. Fazemos isto através do compartilhamento do conhecimento e da aproximação entre quem produz e quem consome. Os investimentos ocorrem através de palestras, aulas e apresentações demandadas pela comunidade assim como materiais de consulta técnica que são disponibilizados para a sociedade.

O conhecimento possibilita a consciência do ser humano, somente dessa forma, teremos um mundo melhor com pessoas mais responsáveis e conscientes com a natureza.